Sábado, 31.03.12

O PS no divã.

O PS continua a sua guerra contra o PS. Falo do Partido de Sócrates contra o Partido de Seguro, que só por acaso habitam a mesma casa no Rato.


Como explicar as hostilidades, que voltaram à superfície com o código laboral e os novos estatutos do partido? Sim, Seguro não é coisa que inspire. Quando se está na oposição, não há líderes inspiradores. Mas Seguro não passa de uma borbulha. A infecção é outra: o descrédito do Partido Socialista promovido pelas políticas e pela personalidade de Sócrates. Foi Sócrates, e não Seguro, quem conduziu o país ao colapso económico e financeiro. E foi Sócrates, e não Seguro, quem negociou e assinou o memorando da troika que o actual governo procura aplicar. Se o PS está hoje à deriva, isso não se deve à liderança de Seguro; deve--se à herança radioactiva de Sócrates.


Estranhamente, os discípulos do homem recusam-se a matar o pai. E, em estado de negação, preferem antes esfaquear o padrasto. O PS de hoje é um caso de divã.


Por:João Pereira Coutinho, Colunista do Correio da Mannhã

publicado por José Carlos Silva às 19:56 | link do post | comentar

Aonde vamos parar?

Preço da gasolina volta a subir e bate novo recorde


A partir de segunda-feira, a gasolina fica mais cara 2,5 cêntimos e atinge um novo máximo histórico.


Ler mais: http://expresso.sapo.pt/preco-da-gasolina-volta-a-subir-e-bate-novo-recorde=f716104#ixzz1qheNFNk0

publicado por José Carlos Silva às 15:02 | link do post | comentar

Madrinha: tive um sonho lindo

No pretérito dia 23 de março o Centro Escolar de Figueiras organizou o encerramento das atividades do segundo trimestre. Ponto alto dessa atividade foi, sem dúvida alguma, a visita da madrinha da escola, D. Maria José, excelsa benemérita deste estabelecimento escolar. Os alunos receberam amêndoas e outras lambarices tradicionais desta época e por sua vez brindaram-na com umabelíssima cesta de flores e uma canção que exprime o amor que lhe têm.

 

 

Madrinha

 

 

Tive um sonho lindo

 

Que me fez pensar

 

Tu, vinhas de longe

 

Para me ajudar.

 

O céu é azul

 

E o mar também

 

Mas como tu madrinha

 

Sei que não há ninguém.

 

Madrinha, madrinha

 

Quero agradecer

 

Madrinha, madrinha

 

Por saber ler e escrever.

 

Figueiras é grande

 

Lousada também

 

Mas como tu madrinha

 

Sabes, não há ninguém.

 

Por isso agradecemos

 

Do fundo do coração

 

Pois, tu, madrinha

 

Foste a nossa salvação

 

(Autor da letra e música: prof. Luís (AECs
publicado por José Carlos Silva às 14:55 | link do post | comentar

Visita dos vereadores e deputados da Coligação Lousada Viva a Lodares

 
 

Mais uma visita de trabalho e contacto com a realidade do concelho de Lousada e as suas populações. Desta vez será a freguesia de Lodares a receber a visita dos vereadores e deputados da Coligação Lousada Viva, a realizar nos dias 30 e 31 de Março. Acompanhem!...

publicado por José Carlos Silva às 14:47 | link do post | comentar

As Três Entrevistas

Num curto espaço de tempo publicou este Semanário três interessantíssimas entrevistas a três políticos que enobrecem a arena política Lousadense: Jorge Magalhães, Pedro Machado e Leonel Vieira. O primeiro responsável pelos destinos do concelho de Lousada está em contagem decrescente para deixar a presidência, pois termina o último mandato em outubro de 2013. Pedro Machado é vereador da câmara de Lousada e, segundo os rumores, é apontado como candidato socialista à Câmara de Lousada. Leonel Vieira é, igualmente, vereador da Câmara de Lousada e é, também, apontado, como sendo candidato pela Coligação Lousada Viva.

As três entrevistas são distintas.

A primeira – de Jorge Magalhães -, é muito bem estruturada e dirigida para um só objetivo bem delineado: apresentar Pedro Machado como candidato à população de Lousada.

Pode afirmar-se que Jorge Magalhães cumpriu escrupulosamente o guião pré – definido: falou do concelho, das obras que fez e das obras que ainda pensa fazer, de si e dos outros, do seu futuro e dos seus anseios. Gostei. Aliás, sempre gostei da sua forma serena e afável de dirigir os destinos do concelho e da proximidade que sempre teve para com os munícipes. Sinceramente, o que não gostei foi a fórmula sucessória e dinástica a que recorreu para fazer a transmissão do poder ao cunhado, Pedro Machado. Uma bela entrevista, mas com este pecado capital.

A segunda entrevista –,de Pedro Machado -, pecou pela excessiva falta de cortesia e de simpatia. Contém uma certa dose de linguagem que raia o «insulto», que levou a uma inusitada troca de galhardetes. É o tipo de mensagem política que não colhe simpatias nos corações dos Lousadenses, pois estes não gostam de políticos que não são simpáticos, afáveis, corteses e amistosos com os seus opositores.

 

A última entrevista -, de Leonel Vieira, revestiu-se por uma caraterística ímpar: o conhecimento rigoroso das matérias versadas, a postura cordial e amistosa, assim como uma evidente simpatia relativamente aos opositores, e uma sincera e realística postura de homem que conhece muito bem Lousada e os Lousadenses, os seus anseios e as suas necessidades, razões substantivas para quem delineou suceder a Jorge Magalhães.

Eis, pois, três momentos que se revestem de uma tremenda importância e que, obrigatoriamente devem ser escalpelizados por todos os Lousadenses, pois remetem param um futuro muito próximo: outubro de 2013

publicado por José Carlos Silva às 14:39 | link do post | comentar

Coligação Lousada Viva em Lodares: Contato com a população

 
 
 

publicado por José Carlos Silva às 14:13 | link do post | comentar

Na tarde

tags:
publicado por José Carlos Silva às 14:01 | link do post | comentar

Coligação Lousada Viva em Lodares

 
 

À saida da reunião com o executivo Lodarense.

 

Os Vereadores da Coligação Lousada Viva contataram instituições (Junta de Freguesia) - foram recebidos pelo respetivo executivo - assim como a população.

publicado por José Carlos Silva às 13:55 | link do post | comentar
Sexta-feira, 30.03.12

Exames nacionais – Perguntas retóricas

Se os exames têm esse efeito admirável nos resultados escolares, ou porque dá um ar sério ao ensino sugerindo aos alunos que a escola não é para brincadeiras ou porque obriga o professor a trabalhar (coisa que só acontece quando há um exame no horizonte, como se sabe), por que razão as médias nacionais das disciplinas mais examinadas (Português e Matemática, por exemplo) não cavalgam para a excelência?Quantos anos de exames nacionais serão necessários para que os alunos levem a coisa a sério?


outrÒÓlhar


 

publicado por José Carlos Silva às 21:47 | link do post | comentar

Agostinho Gaspar A TVS: «Leonel Vieira sente Lousada e representa uma nova forma de gerir o municipio a favor dos Lousadenses.»

publicado por José Carlos Silva às 21:09 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Março 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26

posts recentes

últ. comentários

  • Gostei desse blog, visite o meu: http://thefamosos...

Posts mais comentados

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds