A mão da tentação

Depois da ação cometida

Jamais a lamentes,

Jamais te censures,

Jamais te menosprezes.

De nada adiantará

Caso o faças. Não te levarão

 A sério. Não te respeitarão.

E farão tudo para sofreres

Os minutos bons da vida.

Importa, sim, estares atento,

Perceberes que haverá sempre

Um espetador de «lanças»

E de dor, que espalhará a discórdia

E, claro, a vingança.

publicado por José Carlos Silva às 21:26 | link do post | comentar