Tenham Coragem

Quando Lousada assistia ao final do séc. XIX e se iniciava a loucura do novo século – vinte -, um invulgar surto de desenvolvimento e progresso desenhava-se no concelho. Esse «estranho» acontecimento devia-se a Lousadense que demandaram a capital e ocuparam importantes lugares nos diferentes órgãos do estado e do governo.

O contexto histórico era bem outro? Era, obviamente. Hoje também é possível concertar esforços e romper amarrar? Sem dúvida. Obviamente. Tudo depende dos diferentes caminhos se intersetarem num determinado ponto, convergirem numa só determinada direção, unirem-se num destino comum e a certeza acontecerá.

Chamo a isto o concerto das diferentes vontades apertarem as mãos num concelho, nos diversos concelhos do Vale de Sousa e Tâmega e de uma vez por todas «exigirem» aos representantes eleitos por este espaço territorial de meio milhão de pessoas, que o poder central tem de direcionar recursos e meios correspondentes ao seu peso eleitoral ou nas eleições europeias e legislativas tudo pode acontecer.

Experimentem. De forma concertada. Sem medo. E sem quebrarem.

Mesmo em tempo de crise, de falta de dinheiro haverá recursos e meios. Tenham coragem.

publicado por José Carlos Silva às 12:22 | link do post | comentar