Lição número um: assobiar e sorrir ou «fazer-se de morto»

«Era como atravessar o Reno: não se pode sair do rio para o outro lado exatamente na perpendicular. Há que se deixar levar pela corrente e assumir que se alcançará a margem mais abaixo. Se se gastarem demasiadas forças a lutar, não há avanços.»

In A Oficina Dos Livros Proibidos, Eduardo Roca
publicado por José Carlos Silva às 11:43 | link do post | comentar