«cientificamente provado»

Não há expressão que me dê mais gozo ouvir quando estou numa discussão do que "está cientificamente provado". É como se fosse o último trunfo quando escasseiam os argumentos válidos. Dizer "está cientificamente provado que um copo de vinho faz bem à saúde", é o mesmo que dizer "está cientificamente provado que é o chocolate negro que faz bem à saúde", ou mesmo dizer "está cientificamente provado q
ue não se deve beber vinho nem comer chocolate".

 

 

Não nos podemos esquecer que em matéria de publicidade de iogurtes que previnem o colesterol ou sabonetes anti bacterianos, tudo é "cientificamente provado", dependendo de quem encomendou o estudo. O meu avô diz, e muito bem: "A única coisa que está cientificamente provada é que quando o Homem caga de pé, a merda cai entre os calcanhares."

 

 

In SARA LEITÃO BARROS
publicado por José Carlos Silva às 18:23 | link do post | comentar