Sábado, 07.07.12

Miguel Relvas

Pegaram em Miguel Relvas de uma forma estratégica. Não foi por acaso. Em política quando se quer abanar o barco escolhe-se o cirurgicamente o marinheiro que deve ser mandado borda fora. Neste caso o IMEDIATO. E o Imediato dá pelo nome de MIGUEL RELVAS.

Razões?

Miguel Relvas iniciou o mandato «ameaçando» interesses instalados: área da Comunicação Social (Privatização da RTP colidindo com interesses da Impressa e da Ongoing) e ainda apostou na Reorganização Administrativa.

Mas bastaram-lhe a SIC e o Expresso. Dificilmente o largarão.

E sendo o Imediato do barco todos lhe vão desejar bater no intuito de abalar a governação do capitão e da embarcação.

publicado por José Carlos Silva às 14:25 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
31

posts recentes

últ. comentários

  • Gostei desse blog, visite o meu: http://thefamosos...

Posts mais comentados

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds