Acusa Coligação Lousada Viva - “A Ausência de políticas de emprego por parte da Câmara de Lousada gera pobreza”

 

 A Coligação Lousada Viva aproveitou a visita à freguesia do Torno para criticar o desemprego e o aumento da pobreza no concelho e, em particular, na freguesia. "O desemprego é um grave problema e, em Lousada, nos últimos meses, está a atingir proporções alarmantes.

 E não vemos a Câmara de Lousada a tomar medidas para fomentar o emprego. Aliás, ao longo dos últimos vinte e dois anos, o emprego nunca foi uma prioridade para o actual executivo socialista", criticou o vereador Leonel Vieira, na sessão de encerramento da visita. "Se o executivo municipal há muito tivesse a funcionar uma política de captação de investimento, se tivesse construído Parques Empresariais e Tecnológicos, se fomentasse e apoiasse efectivamente o empreendedorismo e a formação profissional e académica dos jovens, com toda a certeza que parte do problema do desemprego estaria resolvido", acrescentou o social-democrata. Leonel Vieira defendeu ainda que Aparecida deveria ser o centro de um Pólo Urbano de Desenvolvimento, "dotado de equipamentos de qualidade de índole cultural, educativa, desportiva, social e empresarial, que sirvam as populações do Torno e das freguesias mais próximas".

Manutenção da escola é incomportável

A comitiva da Coligação Lousada Viva visitou a freguesia nos dias 21 e 22 deste mês. Segundo nota de imprensa, apesar de o centro escolar, construído recentemente, ter excelentes condições, a sua manutenção está a tornar-se incomportável. "A direcção da escola é sistematicamente obrigada a desligar parte da iluminação e a prescindir do ar condicionado", refere a coligação PSD/CDS.

Além de defenderem a requalificação de algumas ruas, os elementos da oposição defendem também que é prioritário que o município proceda à requalificação urbana da área central da Vila de Aparecida, principalmente no Largo da Feira e na Avenida do Santuário. Quanto à rede de cobertura de saneamento ronda os 75%, sustentam os elementos da coligação PSD/CDS, "mas nos lugares junto à estrada nacional 207-2 ainda não está colocada qualquer conduta". "É ainda de saudar o encerramento da Etar das Poldras, que muitos incómodos causou à população", refere a nota de imprensa.

A Coligação visitou ainda instituições como a Associação Cultural e Recreativa Senhora Aparecida (Rancho Folclórico da Aparecida) e realizou reuniões com o executivo da Junta de Freguesia e com dirigentes do Aparecida Futebol Clube.

publicado por José Carlos Silva às 14:53 | link do post